A vida com Ansiedade


Existe uma diferença entre a ansiedade normal – aquela que a pessoa sente antes de uma prova; de uma viagem; de um encontro, etc, e a ansiedade patológica, chamada de Transtorno de Ansiedade Generelizada (TAG)

Na verdade, a pessoa que sofre de TAG sente-se ansiosa o tempo todo e nem sempre existe um porquê. A ansiedade acaba por fazer parte da forma de viver da pessoa, ela é como um filtro através do qual a pessoa vivencia os acontecimentos.
Um dos efeitos mais complicado da ansiedade exagerada é que ela tira a capacidade de ver as coisas com clareza, de pensar objetivamente. É como se a pessoa fosse tomada por uma onda de sentimento inexplicável, confuso, desconexo, agitado, que ainda vem acompanhado de sintomas físicos, como suor, agitação física (tremores), dor de estômago, dor de cabeça e muito mais.

Mas talvez o momento relatado como o pior, seja a hora de dormir. Ansiedade e insônia estão eternamente ligadas. Difícil dizer quem aparece primeiro, mas a ansiedade pode causar insônia e a insônia gera ansiedade! É impressionante como a noite o cérebro parece tomar vida própria, o pensamento voa longe, indo e vindo, solucionando, resolvendo e arrumando todas as pendências… O corpo fica agitado, pronto pra levantar da cama e fazer qualquer coisa e toda a vida se resolveu nesses 20 minutos. Sim, para o ansioso parece que ele esta há horas indo e vindo e tentando dormir, mas geralmente isso não passa de uma hora.
Existem diversos tipos de tratamento para a ansiedade. A psicoterapia é um dos mais recomendados. Muitas vezes a ansiedade faz parte do seu jeito de ser e desenvolver estratégias para lidar com ela e todas as suas consequências é uma boa saída. E com isso, a psicoterapia é a ferramenta principal para entender todas estas questões.

Georgia Nigro Argese – Psicóloga da Rede APOIAR – Mental Clean

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *